quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Magia Sexual

Por Karina Lira

A energia sexual é a força capaz de gerar vida em nós. Tanto a sagrada possibilidade de dar início a outra vida quanto a igualmente sagrada capacidade de sentir vida, força e alegria em nós mesmos. É o cerne de toda magia, é a força que anima nossos corpos e nos dá poder. É preciso liberá-la e aprender a usá-la se queremos tomar posse de nossas vidas e de nosso poder pessoal. O objetivo da violência, repressão e abusos sobre a pessoa é mantê-la dócil, dependente, obediente e frágil!

Como sobrevivente de abuso sexual eu sei bem o que me custou recuperar a minha sexualidade. Foi difícil e continua sendo. Esses assuntos não se discutem abertamente, a família não quer saber, a sociedade ignora, não há ajuda especializada!

Há um acordo tácito de que não se deve falar de sexo, sobretudo se você for mulher. O mais curioso disso é que se for para denunciar até pode. Aos trancos e barrancos fomos conquistando um pouco esse direito. Mas ninguém espera ouvir uma mulher dizer que gosta de sexo. Que sente prazer, é dona do seu corpo, sabe do que gosta e vai atrás do gozo. Uma mulher com desejos e fantasias eróticas assusta.

Não há permissão social para o prazer. Violência na televisão, em qualquer horário pode. Sexo não! Violência gera medo e o medo paralisa. Interessa ao poder manter as pessoas concentradas no medo, uma vez que o pensamento intensifica tudo aquilo em que se concentra. Muito tem se falado atualmente sobre a lei da atração, cujo princípio é basicamente este: concentramos nossa energia em algo e automaticamente atraímos mais daquilo. Ao passarmos muito tempo concentrados na violência e no medo, atraímos mais disto, ficamos paralisados!

Enquanto o medo nos torna fechados e individualistas, seu oposto, o Amor, traz receptividade, generosidade, descongela, cura, amacia, embevece. O Amor é o mais grato e feliz dos sentimentos, o que pode atrair as melhores coisas. Por isso ele é o objetivo de um rito que é central para todas as culturas matriarcais, o sexo sagrado ou Grande Rito. O Amor não é uma idéia abstrata tampouco um princípio moral. É um sentimento e como tal só podemos vivê-lo através de nossos corpos. Ele deve nos tomar, apossar-se de nosso ser como um todo e então transbordar de nós com o brilho de uma felicidade generosa.

A idéia no Grande Rito é focar a consciência no Amor e no Prazer, expandir-se a ponto de sentir que nos tornamos o próprio Amor, que diluímos nosso ser no Todo, em um êxtase de comunhão. Comunhão com o outro, conosco e com o universo. Comunhão, por fim, com a Divindade e o mais sublime dos poderes que Ela nos concede, o poder de criar a vida, de nossos filhos e a nossa. Poder de fazermos com que a nossa energia esteja livre e disponível para criar nossa realidade como desejarmos, em liberdade. Liberdade para a comunhão com o Amor, essência última da Divindade, que mantém a teia da Vida em Unidade.

É o Amor que mantém o Universo coeso em vibração harmoniosa e é nele que buscamos mergulhar com nossos corpos, mentes e espíritos. Simplesmente porque esse mergulho é a maior fonte de prazer e felicidade que pode existir. Nessa vida eu mergulhei pela primeira vez aos oito anos e nunca mais esqueci. Desde então, dentre os meus amores, o Amor é o que me é mais caro. E celebro com extrema gratidão cada um dos momentos em que me visita!

Do site Lótus Púpura - Simplesmente Maravilhosoooooo!

5 comentários:

Natan Brith disse...

Ameeeeeeiiiiiii...
Muito interessante esse artigo!!!
Adorei!!!!
Parabéns miga seu blog está sempre lindo!!!!
Fica com a Deusa!!!
Bjussss

Christiane disse...

Babi

Maravilhosooooooo

http://clubedasmulheresvividaseinteligentes.blogspot.com/2009/09/selos-recebidos-e-agradecimentos.html

E obrigada linda!

Chris.

Nana Odara disse...

Ei...
ando comletamente virada ao oposto...
tbm não sei pq, mas tudo são fases, e eu me sinto bem assim tbm...
obrigada pelo selo linda...
bjins

Priscila disse...

Oie!
saudade de vc!
que vida boooa esa de mãe!
cada dia acordo uma nova pessoa, renovada.
tenho dividido essa experiência no meu blog de mãe rsrs passa lá quando der.
bjinhos...

Filhote de Lua disse...

Boa noite... gostaria de convidar o blog para fazer parte da blogagem coletiva dia 21/10 sobre o Dia de Amar Seu Corpo. Essa data é uma iniciativa que visa falar da beleza diversa, única e não manufaturada, que foge dos padrões estéticos impossíveis que a mídia impõe, valorizando as mulheres (e homens) reais ao invés das imagens produzidas por alterações em programas gráficos e modelos esqueléticas.

Se houver interesse,

http://duplamentevenusiana.blogspot.com/2009/10/blogaem-coletiva-dia-de-amar-seu-corpo.html