sábado, 23 de janeiro de 2010

Desabafo!

Definitivamente está será a ultima vez que falarei sobre esse assunto, pois então que seja aqui, na minha casa, no meu cantinho...
Desde o dia 06/01/2010 eu deixei de fazer parte da Tradição Star Fairy, eu que tinha sido iniciada em 1º grau dia 19/12/09.
Os motivos e conclusões que me levaram a esta atitude no momento já não importam mais, basta que saibam que foi o melhor para mim.
Estou focada e empenhada nos assuntos do Grupo de Estudos que a cada dia que passa se tornam mais sérios e mais profundos.
Como sempre estou estudando muito, alias mais do que nunca, mas não me queixo, amo ajudar aqueles que querem saber mais da Deusa e de seus mistérios.
Hoje posso dizer que estou rodeada de amigos maravilhosos, companheiros, irmãos da Arte que me ajudam a não deixar a peteca cair.
Nestes meus 30 anos de idade a espiritualidade sempre foi minha busca, fui catequista, e quando evangélica fui lider de jovens, a fé desde sempre moveu meu espirito, encontrar respostas para meus questionamentos me tornaram o que sou hoje.
Continuo buscando as minhas verdades, mas hoje a fonte onde mato a sede do meu espirito provêm Dela, a divindade cultuada a mais tempos sobre a face da Terra.
A Grande Mãe, seja ela Astarte, Ishitar, Inanna, Isis, Diana, Danu, tanto faz, todas elas são a mesma, em cada cultura foi reverenciada e amada dessa forma.
Sem querer ofender aqueles que seguem uma tradição, ou são tradicionais enquanto aos métodos iniciáticos de um Sacerdote, penso que o culto a Grande Mãe vai muito além dos nossos Covens, Groves ou Grupos Hierárquicos, ele está enraizado dentro do coração daquele que foi tocado por Ela e realiza transformações inimagináveis.
Por melhor que seja a Tradição ou a Sacerdotisa, se faltar a inspiração, o toque da Deusa, nenhum treinamento mágico fará sentido, o amor a nossa Mãe é o nosso compromisso.
Quando comecei na Bruxaria, não me auto dediquei nem iniciei, mas fiz um voto a Deusa durante meu aniversário de 26 anos, 1 ano depois que havia começado a estudar, o meu voto foi muito simples; "Darei sempre o meu melhor, agirei sempre com responsabilidade e jamais negarei ajuda a quem realmente quiser saber de Ti."
Uma aspirante a bruxa fazendo votos de uma Sacerdotisa, e desde então é o que faço, me dedico todos os dias em colher conhecimentos que possam ser aproveitados por alguém que precise.

Exortação à Sacerdotisa...
"...uma lider de um coven que seja forte e carismática, com frequência, torna-se o alvo das projeções de outros membros. Ela poderá ser vista como a mãe-terra que tudo dá, a eternamente desejável mas inatingivel mulher ou a profetisa que tudo sabe.
É sempre uma tentação para ela acreditar nessas lisonjeiras imagens e alimentar-se psiquicamente da força energética nelas contidas, mas, se assim o fizer, interromperá seu próprio crescimento como verdadeiro ser humano.
Mais cedo ou mais tarde, ela se atrapalhará e a imagem será destruida; os resultados poderão ser explosivos!" - Starhawk - Dança Cósmica das Feiticeiras

Não sigo os passos de ninguém, sigo apenas minha intuição e me deixo guiar pela Deusa.
Nela eu sei que sempre posso confiar, sacerdócio é um compromisso muito sério, que exige dedicação, amor e humildade.
Tudo se transforma, a Bruxaria é ciclica, aceitar mudanças de parametros faz parte da evolução da humanidade.

Eu amo ser filha da Deusa, ser Sacerdotisa Dela, sou ... com muito amor e prazer!
Nada e nem ninguém jamais irá me tirar isso!

Bençãos da Grande Mãe...
)0( Sianna Mab)0(

4 comentários:

Iony disse...

O que lhe foi dado por Ela, não desaparece jamais, Ela sabe e ve tudo e isos é o que importa. Sega sempre dentro da sua verdade, querida irmã. Precisando estou aqui, sempre!

Tere Marques disse...

Siga sempre seu coração, querida amiga.
Bjokas

([salix sam]) disse...

verdade...siga sempre seu coração. Seu desabafo é sobre uma situação que acontece bastante(por incrível que pareça). E assim será até que encontremos o templo da deusa que habita dentro de nós =)

Que Ela guie seu caminho =)

Luciana Onofre disse...

Somos duas sem "bandeira" entre mentes vivendo, sendo.

:*