domingo, 11 de dezembro de 2011

O Sagrado Masculino pelo olhar Feminino

Há tempos temos visto homens falarem sobre o Sagrado Feminino, se sentindo com propriedade pra falar inclusive de algo como os Ciclos Naturais Femininos.
Até ai tudo bem, tudo bem? Porque tão poucos homens se preocupam em falar do Sagrado Masculino?
O que causa tanto desconforto?
Falta de interesse?
Falta de fontes?

Apesar do meu culto matrifocal, nunca poderia ser chamada de feminista, pois eu fui criada num ambiente muito pacífico. Os homens da minha vida, apesar do Patriarcado, sempre foram muito humanos na questão do respeito à mulher e as questões femininas.

Posso ser eu uma exceção, mas só posso falar das minhas experiências então lá vai...

O que falta nos homens para que eles sejam considerados "Machos Sagrados", ou "Reconsagrados"? - Termos utilizados por algumas tradições de Bruxaria.

Primeiramente humildade, independente da opção sexual, seu gênero não muda por conta de sua opção, e o Resgate da Sacralidade do Gênero é o primeiro passo, entender como os Homens Antigos lidavam com suas experiências. Ou, para quem é pagão, tentar entender como a Deusa enxergava o seu Consorte.

E nisso, o que muito me ajudou foi "A Dança Cósmica das Feiticeiras" da escritora Starhawk, quando li a primeira vez as palavras: "Se o homem tivesse sido criado à imagem do Deus Cornífero, estaria livre para ser indomado sem ser cruel, irado sem ser violento, sexual sem ser coercivo, espiritual sem ser assexuado e capaz de amar verdadeiramente." (pág.170). E pra mim esses são os atributos de um homem que busca se conectar com seu "Deus Interior", um homem que trabalha sua masculinidade de maneira responsável e sagrada independente de sua opção sexual.

O Patriarcado gerou feridas no homem tão profundas quanto causou nas mulheres, o Resgate da Sacralidade é urgente, nosso corpo é sagrado, nossa identidade é sagrada, conhecer e estudar os processos biológicos do ser humano nos torna mais conscientes de nós mesmos e do outro, gerando assim o respeito e maior tolerância para com o próximo.

O que dificulta hoje o Sagrado Masculino ser tão difundido quanto o Feminino é a falta de informação, e até uma "manipulação" da informação... "Para você ser iniciado nos Mistérios Masculinos você tem que se dedicar na minha Tradição" ou ainda ... "Participe do Workshop sobre como Despertar sua Masculinidade Sagrada" ... Absurdos!
É direito de todos os homens buscarem o seu sagrado, e ter apoio, estimulo, ajuda.

Há 03 anos atrás eu proporcionei isso aos meninos do meu Circulo, criando a 1ª apostila dos Mistérios Masculinos, que sei que rolou freneticamente pela internet, pois na época distribui não só pra eles, mas pra todos os homens pagãos que eu tinha mais contato. Espero que ao menos tenham mantido a dedicatória lá feita... E depois desse ponta pé inicial, Natan (Sacerdote do Circulo) deu continuidade ao trabalho de forma brilhante e competente.

Conheci alguns homens nessa minha caminhada que me mostraram o que é ser um "Macho Sagrado" e vai além do fato de manter uma relação de conexão intensa com as Faces do Deus, ou ser o Príncipe Encantado que te leva flores... Ele não tem medo de chorar, isso não o enfraquece, pois ele sabe que precisa deixar fluir suas emoções para se manter são... Ele não tem medo das lágrimas femininas porque não se sente refém delas, então ele sabe apoiar e dar segurança com um abraço somente que seja...
Ele não tem vergonha de expressar seu amor por família, amigos... nem sua tristeza e frustração por algo que deu errado. Ele fala abertamente sobre suas duvidas com sua companheira (ou companheiro), ele não precisa de máscaras.

É um trabalho de evolução contínua, de resgate permanente que nunca cessa... nunca tem fim... mas que vale a pena, para ele e para os que o cercam.

Dedico este post aos homens sagrados que fazem minha vida tão plena...
Meu pai... um ancião de 81 anos, que é de uma sabedoria e amor incomparáveis...
Meus irmãos Beto (51) e Renato (31) que são filhos, maridos, pais maravilhosos, e que sempre me deram apoio e suporte, não como a parte mais fraca, mas com peso igual na família.
Meu amigo e irmão de jornada Guilherme, que sempre foi meu apoio e que muito aprendeu sobre o Sagrado neste Circulo.
E finalmente a pessoa que motivou minha busca, meu irmão, companheiro, Sacerdote e cúmplice. Parceiro de alma Natan, que agarrou as informações e multiplicou, triplicou... criou um Blog sobre o Tema, criou um Circulo Masculino mensal, e ajudou a transformar a mente de muitos... Nunca vou cansar de dizer o quanto me orgulho de você... Te amo!

Uma boa jornada de reencontro à todos...

3 comentários:

Samildanach disse...

Lindo Post!

Touka disse...

Adorei o post, parabéns.
Estou lentamente voltando a blogsfera, e passei pra fazer uma visita.

Beijinhos

Israel disse...

lindo! :)