segunda-feira, 26 de março de 2012

Lidando com a TPM

Nos últimos 2 meses comecei a me dedicar a colocar em prática com disciplina tudo o que já havia lido à respeito da menstruação e TPM. 

E com algumas mudanças alimentares e de postura pude sentir a diferença no meu ciclo.

À seguir um trecho da reportagem "Dieta do Ciclo Menstrual" da revista Dieta Já (jun.2001).

"Os hormônios que interagem durante a fase menstrual são os responsáveis por regular o comando cerebral da fome e até do astral - de uma hora para outra, você vai da felicidade absoluta para o mau humor insuportável! Por isso é tão importante eleger os alimentos certos para cada etapa do ciclo. A influência dos hormônios é tão séria que eles determinam até mesmo o pensamento, como confirma o ginecologista paulista Eliezer Berenstein em seu livro A Inteligência Hormonal da Mulher. "Essa mistura de sensações e emoções inunda o corpo feminino como uma maré química e interfere no funcionamento da imunidade, digestão, circulação e demais reações fisiológicas", diz ele.
"Oscilações de humor, apetite e libido costumam fazer a mulher se sentir numa montanha-russa, cheia de altos e baixos", concorda o ginecologista e obstetra Nicolau D´Amico Filho, de São Paulo."Por isso uma refeição que respeite essas variações e ainda ajude a emagrecer faz total sentido", explica a nutricionista Lara Natacci, do Paraná, que elaborou a Dieta do Ciclo Menstrual. Ela acrescenta que os hormônios, tidos como os vilões do bom humor e da disposição, são influenciados pela alimentação. "A dieta balanceada em cada etapa do ciclo menstrual é capaz até de corrigir as turbulências hormonais", garante a paulista Denise Carreiro, também nutricionista."

Então para cada fase de nosso ciclo deveríamos privilegiar alguns alimentos em especial, comecei então a testar essa teoria na prática; resultado 6 kg à menos e muito mais disposição.

Passei a consumir uma grande quantidade de verduras e legumes, principalmente alface, pepino e rúcula...frutas como melancia, mamão e maçã, sucos de laranja, acerola e abacaxi. Aliás passei a consumir com maior frequência durante a TPM suco de soja, substituindo o tradicional café com leite da noite.
Diminui bastante o consumo de cafeína, leite de vaca, refrigerantes, frituras e açúcar, principalmente nos 5 dias que antecedem o começo do ciclo, e que pra mim eram bem mais críticos, onde sentia bem mais sintomas como irritação, insônia, cansaço e muito mais.

Para as cólicas abdominais uma receitinha simples, Chá de Orégano, bebível e seu efeito é fantástico, já para a comum desregulada no intestino, 1 leite fermentado ao dia (Yakult) a partir da véspera do Ciclo e pelos próximos 2 dias, em que geralmente nosso intestino sofre uma verdadeira turbulência.

Passei a frequentar restaurantes vegetarianos quando preciso comer fora, pois nesses lugares em geral a comida não é somente mais saudável, mas também melhor preparada.
Meu consumo de carne vermelha diminuiu muito também, agora prefiro meu bife mal passado quando estou no 2º dia do meu ciclo, quando mais meu organismo precisa de ferro.

Outra atitude que tomei que sinto que ajudou a melhorar minha disposição é o uso de Suplemento Alimentar, pois por mais que cuidemos de nossa alimentação, sempre fica algo em débito, importante salientar que o Suplemento não substitui sua alimentação e sim reforça, dai o nome "suplemento".
E também estou consumindo nos 15 dias que antecedem o ciclo capsulas de óleo de prímula, rico em ácido gama linoleíco (GLA), há tempos é sabido que ajuda a diminuir os sintomas da TPM.

E uma das dicas mais importantes deste post, mudança alimentar acompanhada de atividade física (faça uma que você sinta prazer, teste várias até achar uma) tem um resultado ainda melhor, nossa disposição e humor fica muito melhor.

Dá trabalho sim, não nego... sei que não é fácil no mundo corrido de hoje se alimentar direito e tirar um tempo só pra você, mas vale a pena organizar nossa rotina em prol de algo que vai melhorar e muito nossa qualidade de vida. Antes eu passava muito tempo no computador, hoje passo mais tempo na cozinha preparando coisas saudáveis, ao ar livre praticando caminhada, no meu elíptico me exercitando, a endorfina é uma maravilha na qual me viciei.

Leia na integra a matéria sobre a "Dieta do Ciclo Menstrual" e veja as sugestões de cardápio para cada fase dos seus ciclos, se preocupe em montar seu próprio cardápio dentro de suas possibilidades.
E lembre-se é preciso somente boa vontade e força para se obter os primeiros resultados, após isso você ganha motivação para ir adiante.

Boa sorte...


Texto postado originalmente no meu outro blog "Thea Plena".

Babi.

2 comentários:

Rosicler disse...

Muito interessante.
Sabes, eu sinto verdadeiramente que preciso de conectar-me com esse lado mais Mulher. Vou seguir alguns conselhos sobre os alimentos!

Abraços de Luz,
Rosicler

Elaine Figueira disse...

Gostei muito dessa postagem, ler, aprender e praticar e depois contar os resultados é muito produtivo para nós que temos blog e para nossos leitores.

Preciso saber se eu que estou na menopausa ainda tenho TPM. Por acaso você saberia me informar? Às vezes penso que tenho TPM o mês inteiro...rs.

Abraços