segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Blogagem Coletiva: Onde está a Imperatriz?

"Se arquétipos são do conhecimento construído pela humanidade, eles estão, certamente, em tudo que nos cerca: da observação dos ciclos aos movimentos mais humanos como as celebridades e as necessidades de agrupamento. Então, convidamos todos os oraculistas a nos contar onde está A Imperatriz? Onde está seu reinado? Sua força fêmea? Onde manifesta-se seu jardim? O que nasce de sua barriga fértil? Onde moram suas manifestações mais físicas? Onde está a Imperatriz?"
Por Pietra diChiaro Luna 

Quando comecei a colocar a postagem no papel (quase sempre escrevo no papel um rascunho sobre o post) tive uma certa dificuldade de entender a figura da Imperatriz... até peguei a Pietra pelo bate-papo para ela me ajudar a clarear as idéias, e deu certo.
Comecei a lembrar de algumas figuras nos dias de hoje... e outras do passado.

A Imperatriz é a mulher diante do mundo do poder. É o arcano de 2010, um ano onde a Mãe Terra irá dar a luz a novas realidades e percepções para seus filhos, nós. No Tarot Mitológico a Imperatriz está representada por Deméter, a Deusa da Terra e a Terra como Deusa, Gaia. Assim a Imperatriz é uma representação da Divindade em seu aspecto Feminino e também uma representação do próprio planeta, que é o corpo da Deusa-Mãe. Interessante, a Terra é o terceiro planeta em relação ao Sol dentro de nosso sistema. Grávida, Ela, nossa Terra, esse planeta azul cheio de vida, quer parir uma nova humanidade. 

Vou falar de uma que para mim é muito especial: Ester ... esposa do Rei Assuero, no território da Pérsia. Um personagem biblico... rsrs... sim... mas também um personagem histórico.

Através da intercessão da Rainha Ester muitas vidas de hebreus foram poupadas durante as guerras religiosas que muito assolavam o Oriente já naquela época. Uma mulher que se importava com seu povo, sua tradição e sua familia.
Uma personagem forte, com personalidade mas também uma incrivel sensibilidade, a sua vida sempre me inspirou, de como uma mulher pode ser boa esposa sem ser acéfala.
É a Biblia fala sobre mulheres de forma positiva também. 
Deixando a polêmica da bibliografia da vida de Ester, me lembrei é claro da Grande Deméter, a Mãe Nutritora que cuida de sua prole com unhas e dentes para manter a união e a paz.
Nas runas, Laguz representa a mulher, a intuição, a Sacerdotisa, a maternidade... para mim todos adjetivos próximos à Imperatriz.
Rainhas do passado... e do presente... nós mesmas... nossas mães.
Minha falecida Mãe... Uma Imperatriz que reinava absoluta... cuidando da casa, delegando tarefas, supervisionando tudo com cuidado e atenção. Com certeza exercito minha Imperatriz interior as vezes mais do que gostaria, sou mãe de uma menina de quase 7 anos, e sou muito protetora, chata mesmo as vezes. 
Mas ao passo que sei de minha sombra procuro lidar com ela, mas também sei ser receptiva aos que me chegam, boa anfitriã... rsrs ... como toda Imperatriz. Amo cozinhar, e me  sentir necessária na vida daqueles que eu amo.
Como sempre foi um prazer blogar com vocês queridas.
Até a próxima.
Babi Guerreiro

3 comentários:

Pietra disse...

Acho super bacana observar essa coisa da hospitalidade... =)

Luciana Onofre disse...

Creio que toda mulher deve saber ser a Imperatriz, seja onde for, seja com quer for, na medida certa.

Bjs!

Luciana disse...

Também gosto da história da Rainha Ester, gostei da relação dela com a Imperatriz! ^^